segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Galeria dos Mártires - Sergio Bertén

SERGIO BERTÉN
Mártir da solidariedade
GUATEMALA * 18/01/1982

Sergio Bertén, religioso Belga, e companheiros, mártires da solidariedade com os camponeses da Guatemala.

Seminarista da Congregação do Coração Imaculado de Maria, 29 anos. Após obter seu diploma em Serviço Social, decide se tornar um missionário na Guatemala, onde chegou em 1975. 

Foi sequestrado e desaparecido com outros camponeses no dia 18 de janeiro de 1982.

Sergio trabalhou na Costa Sul, animando as comunidades de Puerto San Jose, Santa Lucia Cotzumalguapa e Tiquisate.

Sua opção pelos pobres é clara desde a sua chegada. Em meio à realidade de miséria e de injustiça em que viviam os camponeses, descobriu mais claramente em cada um deles o rosto do Cristo sofredor. A Palavra de Deus na Bíblia se faz transparente, iluminadora, e dela é que ele encontra força para a cada dia mais radicalmente seguir os passos de Jesus.

Compartilha sua vida com os pobres, diálogo e cresce com eles em conscientização. Percebe que é necessário uma organização e ações específicas para promover uma mudança mais profunda. 

Ele adia seus estudos teológicos para acompanhar seu povo adotivo. Está ciente do perigo de morte que corre por causa de seu compromisso, sobretudo em um momento em que só em ser cristão já era sinônimo de subversão.

Ele compartilhou a sorte dos pobres até as ultimas consequências. Para proteger e salvar seu companheiro de congregação religiosa e os camponeses mais comprometidos, Sergio decide viver clandestinamente. Esconde-se e continuar trabalhando. Até que foi sequestrado com outros jovens em uma Rua na Cidade da Guatemala.

Sergio, um jovem rapaz, estrangeiro, torna-se pobre, camponês, Guatemalteco, mártir da justiça e da solidariedade.

Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada,
a partir da página: http://servicioskoinonia.org/martirologio/

Nenhum comentário:

Postar um comentário