Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

Galeria dos Mártires - Pe. Hermógenes Lópes Coarchita

Imagem
Pe. HERMÓGENES LÓPES COARCHITA Mártir do Povo GUATEMALA * 30/06/1978
Hermógenes Lópes Coarchita, sacerdote guatemalteco, pároco em São José Pinula e fundador da Ação Católica Rural. Tinha 50 anos e há doze anos pároco local. Assassinado quando regressava de uma visita a um doente. Por conta das diversas ameaças de morte, viajava sempre sozinho para não sacrificar a outros. 
Estava sozinho quando três homens com pistola 45 e armas de grosso calibre o matou à queima-roupa. Seu corpo metralhado caiu sobre a Bíblia, dentro da pick-up em que viajava. Os moradores encontraram seu corpo perfurado de balas na estrada. Tomados de dor e indignação levaram o corpo ensanguentado e o colocaram sobre o altar, no qual tantas vezes ele compartilhou com o povo, o pão e a palavra.
As causas de sua morte são muito clara: Hermógenes denunciou a forma brutal de recrutar jovens para o serviço militar dizendo: "Respeitem a dignidade dos jovens camponeses e não os maltratem nem os levem forçados para preench…

Galeria dos Mártires - Os Mártires de Olancho

Imagem
OS MÁRTIRES DE OLANCHO Mártires da Solidariedade HONDURAS * 25/06/1975
42 anos da memória martirial de Ivan Betancur, Michael Jerome Cypher, “Casimiro”, e Companheiros.
Ivan Betancur era colombiano, de 35 anos, e Michael “Casimiro”, franciscano norte-americano de 34 anos, ambos sacerdotes da Prelazia de Olancho, em Honduras. No dia 25 de junho de 1975 foram assassinados com outros sete camponeses e pessoas vinculadas à promoção do campesinato.
O massacre, preparado em todos os seus detalhes, foi executado por um fazendeiro e membros do exército que, pela manhã desse mesmo dia, haviam suspendido a “Marcha da Fome” e reprimido brutalmente seus responsáveis.
O testemunho de Ivan e de “Casimiro” e o trabalho de conscientização que se realizava através do Instituto “18 de Fevereiro” e da União Nacional dos Camponeses, era insuportável para os latifundiários que pretendiam manter terras e privilégios à custa da fome e da miséria dos camponeses.
As vítimas foram levadas à fazenda “Los Horcones” e a…

Galeria dos Mártires - Pe. Arturo Mackinnon

Imagem
Pe. ARTURO MACKINNON Mártir da Justiça REPUBLICA DOMINICANA * 22/06/1965
Pe. Arturo Mackinnon pertencia à Sociedade Missionária dos Padres da Missão Estrangeira Scarboro, Canadá. Seu trabalho sacerdotal na República Dominicana começou em 06 de outubro de 1960, em Azua (1960-1961) em San José de Ocoa (1962-1964) e janeiro 1965 foi enviado para o Município de Monte Plata, onde ele foi violentamente assassinado aos 33 anos em 22 de junho de 1965, depois de protestar contra a detenção arbitrária de 37 pessoas.
Dispararam contra ele uma rajada de metralhadora à queima-roupa e em seguida vários tiros de pistola.
O exercito deu uma versão de que o sacerdote morrera junto a dois membros do exército. Vizinhos do lugar, que viram os movimentos e escutaram os disparos, bem como o superior religioso de Arturo, puderam reconstruir a execução sumária no meio do caminho, deste sacerdote muito querido, de espírito generoso e enorme senso de justiça.
Pe. Arturo era grande amigo da juventude e dos pobres. Ti…

Galeria dos Mártires - Pe. Leo Commissari

Imagem
Pe. LEO COMMISSARI Mártir das Lideranças de São Bernardo do Campo-SP S. BERNARDO DO CAMPO-SP * 21/06/1998
Padre Leo Commissari nasceu em Bubano - Itália, em 19 de abril de 1942. Descendente de família religiosa viveu a infância numa situação de pobreza devido a Guerra e o Pós-Guerra. Ordenou-se sacerdote em 1976. Tendo como exemplo o irmão missionário na China Filippo Commissari, chegou ao Brasil em 1970 em Itapetinga - Bahia, onde viveu 7 anos. Voltando à Itália quis envolver o Bispo num projeto de missão diocesana para padres, irmãs e leigos. O sonho se realizou em 1980 quando os Bispos de Ímola e Santo André decidiram um intercâmbio de padres e irmãs "Projeto Igrejas Irmãs". Desde o começo o grupo então formado de 3 padres e 5 irmãs de diferentes congregações da Diocese de Ìmola, escolheram trabalhar na periferia de São Bernardo do Campo.
Enfrentou a resistência da ditadura militar para entrar no País, por causa da forte presença da igreja católica em movimentos grevista no A…

Galeria dos Mártires - Sergio Ortiz

Imagem
SERGIO ORTIZ Mártir da perseguição à Igreja na Guatemala GUATEMALA * 21/06/1984
Sergio Ortiz, seminarista, foi sequestrado nos arredores da Universidade Nacional de San Carlos na Cidade da Guatemala. Foi encontrado morto dois dias depois. Seu corpo tinha sinais de torturas e um tiro de misericórdia.
O assassinato de Sergio é considerado como uma repressão oficial feita contra a Igreja Católica, por causa da atitude de denúncia que esta assume diante da situação econômica, social e política da Guatemala. 
“Há grupos poderosos interessados ​​em que os pobres não se despertem e nem que exijam seus direitos ... O fato de que algum padre se coloca a promover o camponês, a despertá-lo, a dizer de sua condição humana e sua dignidade, pode ser mal interpretado por aqueles que não querem que os guatemaltecos despertem para os seus  direitos, e que exijam seus direitos como pessoa. A pregação da Igreja não é uma mensagem abstrata para seres abstratos, mas sim uma mensagem eficaz para seres muito con…

Galeria dos Mártires - Pe. Rafael Palacios

Imagem
Pe. RAFAEL PALACIOS Mártir das CEB’s EL SALVADOR * 20/06/1979
Rafael Palacios nasceu em San Luis Taipa, em 16 de outubro de 1938, sendo ordenado sacerdote diocesano no dia 26 de maio de 1963.
Após o assassinato do Pe. Octavio Ortiz e quatros leigos em 20 de janeiro de 1979, Pe. Rafael foi substituí-lo na Paróquia San Francisco Mexicanos, de San Salvador. Nesta comunidade esteve totalmente dedicado ao trabalho dos setores operários, especialmente dos bairros de Santa Tecla e de Santa Luiza. Seu principal serviço pastoral era a formação de Comunidades Eclesiais de Base. Nisso reside também à causa de sua morte.
No dia 20 de junho de 1979, se dirigia a uma reunião das Comunidades Eclesiais de Base, (CEB’s), na Igreja El Calvario, foi assassinado em plena rua, crivado de balas pela ultra-direita, aos 41 anos.
Assim relatou um amigo seu: “Desde que o conheci, o escutei dizer que um sacerdote não tem razão de ser, senão no seio de uma comunidade. Que o essencial da mensagem de Jesus foi convidar …

Galeria dos Mártires - Frei Cosme Spessoto

Imagem
Frei COSME SPESSOTO Mártir da Caridade EL SALVADOR * 14/06/1980
Frei Cosme Spessoto, italiano, sacerdote franciscano de 57 anos. “O vinhateiro de San Juan Nonualco”, como era chamado por sua obstinação em tratar de cultivar a vinha do Senhor e de conseguir esse intento.
Pároco durante 27 anos e vigário episcopal da diocese de San Vicente, foi assassinado por quatro indivíduos bem armados que entraram na igreja e dispararam contra ele enquanto rezava.
Mártir da caridade, desenvolveu durante sua vida uma incansável atividade missionária. Sua intenção foi ser “instrumento de paz” entre seus paroquianos por fim a violência.
Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada, a partir do livro Sangue Pelo Povo.

Galeria dos Mártires - Pe. Mauricio Silva

Imagem
Pe. MAURICIO SILVA Mártir dos Pobres ARGENTINA * 14/06/1977
Mauricio Silva, Membro da Fraternidade de Irmãozinhos do Evangelho e gari das ruas de Buenos Aires. Sequestrado quando se apresentava para trabalhar como todos os dias.
Depois, a casa da comunidade foi invadida pelo exército à procura de “provas subversivas” e sua ficha de empregado municipal, retirada.
Mauricio nasceu em Montevidéu e foi ordenado sacerdote salesiano em 1951. A partir daí trabalhou como missionário na Patagônia argentina. De volta a Montevidéu desempenhou intensa atividade pastoral.
Aos 45 anos sentiu-se fortemente atraído pela espiritualidade de Foucauld e ingressou na Fraternidade de Buenos Aires. Depois do noviciado trabalhou entre os “cirujas”* nas lixeiras de Rosário. Volta a Buenos Aires para prestar testemunho entre os varredores de ruas. Quando um de seus antigos amigos o descobre, Maurício saúda, sorri e continua silencioso, atrás de sua vassoura, tornando realidade o que escrevera em um de seus poemas: “Q…

Galeria dos Mártires - Novo Massacre de Sumpul

Imagem
NOVO MASSACRE DE SUMPUL Mártires da Resistência EL SALVADOR * 12/06/1982
Novo massacre de Sumpul, mais de 300 agricultores, a maioria mulheres, crianças e idosos, foram assassinados ao tentar chegar à fronteira de Honduras. Depois dos combates com a Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional, FMLN, tropas especializadas de El Salvador e Honduras, com assessores norte-americanos, ataque durante 15 dias a população civil de Cabañas e Chalatenango.
Em 29 de maio, mais de 700 camponeses indefesos de Los Amates e Santa Anita começou um desesperado êxodo em massa, em direção à fronteira. Eles tentam se esconder nas colinas e vales, comendo ervas e raízes. Soldados os perseguiam, metralhando, matando de qualquer maneira aqueles que conseguem alcançar a fronteira. Chegaram no Rio Sumpul, exaustos, alguns feridos, aterrorizados, os agricultores tentaram atravessa-lo. As crianças e os idosos não puderam resistir à força da água e se afogar. Como em 1980, o Rio Sumpul novamente é manchado de sang…

Galeria dos Mártires - Joaquim das Neves Norte

Imagem
JOAQUIM DAS NEVES NORTE Mártir da Terra NAVIRAÍ-MS *12/06/1981
Joaquim das Neves Norte, advogado, 40 anos, pai de 4 filhos, assessor do Sindicato Rurais de Naviraí-MS, colaborador da CPT-MS, assassinado a mando do fazendeiro Adolfo Sanches Neto, no dia 12 de junho de 1981.
Abaixo, poema do livro: Raízes, memória dos Mártires da Terra, de Jelson Oliveira.
Cumpro o apanágio das ausências E o teu nome, das neves do norte Chega impossível, improvável, inflamado.
Algo como um relatório inteiro de mortes, Um esbulho, uma condenação, uma ilegalidade.
Não por existir, te condenam, mas por não desapareceres, Por não conseguirem derrotar Os sangues que ao teu sangue se juntam. Pelas águas mal-dormidas que fazes correr Rente aos leitos encurvados das noites do medo Pelas palavras dos que acreditam nos sonhas Que crescem no meio das sementes. Esses que agora se juntam para dizer:
"Se vê, se sente, Joaquim está presente!"

Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada.

Galeria dos Mártires - Agustín Ramírez e Javier Sotelo

Imagem
AGUSTÍN RAMÍREZ e JAVIER SOTELO Mártires dos Marginalizados ARGENTINA * 05/06/1988
Agustín Ramírez, 22 anos e Javier Sotelo, 19 anos. Trabalhadores mártires da luta dos marginalizados na Grande Buenos Aires, Argentina.
Eles viviam em um assentamento em San Francisco Solano, zona marginal da Grande Buenos Aires. Operários e militantes cristãos, preocupados com a situação social dos seus irmãos e especialmente os jovens. Assassinados na noite de 05 de junho de 1988. Seus corpos foram crivados com poucas, porém certeiras balas de 9 milímetros, que os fez caíram um ao lado do outro martirizados.
Um amigo que descobre o assassinato de Agustín e Javier é sequestrado, brutalmente torturado e jogado em um campo para que cesse com sua denúncia. A polícia afirma que o crime é devido a um acerto de contas entre gangues rivais. Em vez disso, vizinhos, amigos e familiares acusam a própria polícia como responsáveis ​​pelo assassinato. O novo chefe da polícia, inspetor Laborde, acabara de ser movido de B…

Galeria dos Mártires - Pe. José María Gran Cirera e Domingo Barrio Batz

Imagem
Pe.  JOSÉ MARÍA GRAN CIRERA e DOMINGO BARRIO BATZ
Mártires em El Quiché GUATEMALA * 04/06/1980
Memória dos 37 anos do martírio
José María Gran Cirera, nascido em Canet de Mar, Barcelona, 27 de abril de 1945. Ele fez sua profissão religiosa no dia 8 de setembro de 1966. Foi ordenado sacerdote em Valladolid em 09 de junho de 1972; três anos depois, foi trabalhar como missionário na Diocese de Quiché, Guatemala.
Assassinado juntamente com Domingo Barrio Batz em 04 de junho de 1980, perto da aldeia Xe Ixoq Vitz em Chajul.
Seus cinco anos de serviço missionário no Quiché foram nas paróquias de Santa Cruz e San Gaspar Chajul Zacualpa. Sempre alegre e disposto a vivenciar com o povo o Deus vivo e presente na comunidade. Sendo um homem sensível e de coração inquieto, logo se identificou com o povo simples destas comunidades.
O trabalho pastoral o obrigava a fazer longas viagens missionárias para estar presente em cada uma das comunidades da paróquia. Ele descobria a presença de Deus em pessoas q…