Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

Galeria dos Mártires - Júlio Rocca

Imagem
JÚLIO ROCCA Mártir da Solidariedade PERU * 01/10/1992
Júlio Rocca nascido em Isolaccia (Itália) em 30 de março de 1962. Missionário leigo da organização jovem “Operação Mato Grosso”, que começa seu trabalho de solidariedade no Brasil, se estendendo para o Equador, Bolívia e Peru.
"Julito" como eles o chamam na comunidade, foi assassinado pelo grupo Sendero Luminoso no dia 01 de outubro de 1992, na paróquia de Jangas (Ancash - Peru), durante a realização suas atividades de evangelização junto aos pobres região.
Na noite anterior ao assassinato um grupo de terrorista armado do Sendero Luminoso chegou na região da paróquia, e começou a aterrorizar os moradores.
Vendo apenas as mulheres, os terroristas tornaram-se muito irritado e começou a roubar tudo o que podiam encontrar.
Neste momento Júlio veio com outro voluntário. Ele estava convencido de que "poderia parar com essa loucura do terrorismo. Ele estava muito convencido do caminho oposto: a caridade, a bondade, a conversão pess…

Galeria dos Mártires - Lázaro Condo

Imagem
LÁZARO CONDO Liderança Indígena EQUADOR * 26/09/1974
Indígena camponês, cristão fiel e líder de sua comunidade, viveu as lutas e as esperanças de uma possível reforma agrária, concretamente em sua região de Riobamba. Os grandes proprietários de terra, apoiados pelo exército e polícia, impedem essa reforma. 
Atacam os dirigentes camponeses indígenas e a Igreja do grande bispo da Causa Indígena, Leônidas Proaño, tão solidária com seu povo. 
São assaltados, os templos e as casas paroquiais, mulheres e anciãos são golpeados e Lázaro, que tenta defendê-los, é fuzilado. 
No domingo seguinte recebe a homenagem da multidão indígena descida da montanha e, na homilia, seu bispo Dom Proaño lança o grito profético do Evangelho: “Lázaro, levanta-te e anda!”.
Fazemos memória dos 41 anos de seu martírio.
Texto retirado da Galeria dos Mártires, no Santuário de Ribeirão Cascalheira, MT

Galeria dos Mártires - Marlene Kegler

Imagem
MARLENE KEGLER Mártir da Fé e do Serviço entre os Universitários de La Plata ARGENTINA * 24/09/1976
Marlene Katherine Krug Kegler, estudante e operária, mártir da fé e do serviço entre os universitários de La Plata, Argentina. Cristã e política, universitária de 23 anos, sequestrada e desaparecida em La Plata. 
Marlene pertence a uma grande família do Paraguai, de onde ela aprendeu sua fé e solidariedade. Morava na Argentina, enquanto estudava obstetrícia. Era uma moça espontânea, estava sempre pronta ao serviço, e tinha uma alegria contagiante de viver. Simples e humilde, apesar de sua vasta cultura. Carinhoso com sua família, ela não aceita que eles paguem todas as suas despesas e vai trabalhar como empregada doméstica. 
Sensível às injustiças sofridas pelos estudantes antes do encerramento da universidade e, fundamentalmente sensível ao sofrimento dos pobres, decide militar em um grupo ligado à Frente Anti-imperialista pelo Socialismo, FAS.
Sua paixão pela justiça e solidariedade é alime…

PABLO NERUDA

Imagem
Filho de um operário ferroviário e de uma professora primária, nasceu em 12 de julho de 1904, na cidade de Parral (Chile). Seu verdadeiro nome era Neftalí Ricardo Reyes Basoalto. Perdeu a mãe no momento do nascimento.
Em 1906, a família muda-se para a cidade de Temuco. Começa a estudar por volta dos sete anos no Liceu para Meninos da cidade. Ainda em fase escolar, publica seus primeiros poemas no jornal “La Manãna”. No ano de 1920, começa a contribuir com a revista literária “Selva Austral”, já utilizando o pseudônimo de Pablo Neruda (homenagem ao poeta tcheco Jan Neruda e ao francês Paul Verlaine).
Em 1921, passa morar na cidade de Santiago do Chile e estuda pedagogia no Instituto Pedagógico da Universidade do Chile. Em 1923 publica “Crepusculário” e no ano seguinte “Vinte poemas de amor e uma canção desesperada”, já com uma forte marca do modernismo.
No ano de 1927, começa sua carreira diplomática, após ser nomeado cônsul em Rangonon, na capital da Índia britânica, colônia de Burma. Em…

Galeria dos Mártires - Eugênio Lyra

Imagem
EUGÊNIO LYRA Advogado dos Trabalhadores Rurais, Mártir da Justiça SANTA MARIA DA VITÓRIA – BA * 22/09/1977
Eugênio Lyra nasceu no dia 08 de janeiro de 1947. Começou a frequentar uma escola particular com apenas cinco anos e aos sete, ingressou numa escola pública. Gostava muito de ler e lia tudo o que via.
Não gostava de brincar, não sabia jogar gude, nem bola e nem outros brinquedos que as crianças gostam.
Sempre foi muito estudioso, esperto, prestativo, principalmente com as pessoas mais humildes e velhas. Era muito preocupado comigo, com os irmãos e com as pessoas do seu relacionamento. Isto desde pequeno.
Aos onze anos, ingressou no Colégio Marista. Sempre foi um aluno muito esforçado e de ótimo comportamento. Aos quinze, concluiu a 4º série do ginásio e mudou-se para Salvador, onde deu continuidade aos estudos. Morava em uma pensão, no quarto dos fundos, local em que passou horas amargas e grandes sacrifícios para alcançar o que ele mais desejava.

Fez o científico no Colégio Central, on…

Galeria dos Mártires - Antônio Conselheiro

Imagem
ANTÔNIO CONSELHEIRO Patriarca do Povo Sertanejo CANUDOS – BA * 22/09/1897
Antônio Vicente Mendes Maciel, o Conselheiro por antonomásia, nasceu no sertão do Ceará em 1829, na cidade de Quixeramobim.Desde a juventude sentiu e percebeu as injustiças praticadas contra o povo pobre do sertão e se acendeu nele a paixão pela libertação desse povo.
Tornou-se educador e missionário leigo, e em suas peregrinações pelo sertão por mais de 20 anos, foi deixando por onde passava, marcas de sua fé e de seu compromisso social, construindo, em mutirão, barragens, açudes, capelas, cemitérios. Conquistando com sua palavra e seu testemunho o povo do sertão, que na época “vivia abandonado pela Igreja, acorrentado pelos coronéis, perseguido pelo Estado”.
Depois dos 20 anos de peregrinação pelo Nordeste, amado do povo e incompreendido ou perseguido pelas várias autoridades, Conselheiro sentiu de perto o atraso sistemático e o descontentamento das massas populares e resolveu, por volta de 1893, colocar em prática…

Galeria dos Mártires - Ir. Yolanda Cerón Delgado

Imagem
Ir. YOLANDA CERÓN DELGADO Mártir dos Direitos Humanos COLÔMBIA * 19/09/2001
Yolanda Cerón Delgado, religiosa da Congregação da Companhia de Maria, realizava por vários anos um trabalho de denuncia permanente sobre a grave situação dos direitos humanos na região, fazendo chamados urgentes para as autoridades locais, nacionais e internacionais para que se investigassem os casos e se criminalizassem os responsáveis destes crimes contra a comunidade nariñense, de acordo com informações da Agência Nizkor. 
Trabalhou por oito anos no apoio as comunidades indígenas e afro-colombianos.
No dia 19 de setembro de 2001, ao meio-dia, na porta da Igreja de Nossa Senhora da Misericórdia, localizado no Parque Nariño, município de Tumaco (no departamento de Nariño, no sudoeste da Colômbia) Irmã Yolanda Cerón foi vítima de alguns bandidos que dispararam oito tiros, que há deixou gravemente ferida, sendo transferida para o hospital local, onde morreu momentos depois.. "Vemos claramente que este assassin…

Galeria dos Mártires - Charlot Jacqueline e Camponheiros

Imagem
CHARLOT JACQUELINE e COMPANHEIROS Mártires da Educação Libertadora HAITI * 19/09/1986
Charlot Jacqueline e companheiros, militantes e educadores, mártires da educação libertadora para seu povo haitiano. 
Militantes cristãos e alfabetizadores da Missão ALPA. Sequestrados e desaparecidos. Charlot vivia em Cité Soleil, subúrbio de Porto Príncipe. Participava das organizações de bairros e acompanhava seus irmãos em todas as suas reivindicações. Era monitora da Missão ALFA, uma campanha de alfabetização nascida em 1984, por iniciativa da Igreja em solidariedade com os problemas das povo. 
O projeto da Missão ALFA abriu possibilidade de conscientização, uma vez que tinha como objetivo ensinar a leitura e a escrita para três milhões de analfabetos em cinco anos.
As pessoas descobriram, através da alfabetização, a importância de se expressar, do acesso à informação, para libertar a riqueza de seu espírito, e de sua cultura. Vislumbravam horizontes da democracia. 
Isso se tornou perigoso para as dita…

Galeria dos Mártires - Pe. Joan Alsina Hurtos

Imagem
Pe. JOAN ALSINA HURTOS Testemunho da Fé na América Latina CHILE * 19/09/1973
Joan Alsina Hurtos, jovem sacerdote catalão, chegou ao Chile por meio da OCSHA (Obra de Cooperação Sacerdotal Hispano-Amaricana) em 1958. Jovial, destemido, generoso, com um claro carisma pela Pastoral Operária, viveu coerentemente seu sacerdócio e seu compromisso social, ao serviço do povo, de quem foi sempre um companheiro. Foi assessor de vários grupos cristãos.
Trabalhou no Hospital San Juan de Dios, viveu como operário num bairro de Santiago e foi, sobretudo, profeta da Palavra. Nos finais de semana celebrava a missa em um bairro operário ou ajudava nas paróquias vizinhas. Foi capelão dos grupos de Ação Católicas.
Depois do golpe militar chileno de 11 de setembro de 1973 de derrubou o presidente Allende, continuou indo ao trabalho no hospital dizendo que lá estaria mais seguro, além disso, no hospital havia muita gente em reais dificuldades que necessitava dele. No dia 19 daquele mês foi levado pelos militare…