Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2017

Galeria dos Mártires - Charles de Foucauld

Imagem
CHARLES EUGÈNE DE FOUCAULD Místico e Mártir ARGÉLIA * 01/12/1916
Charles Eugène de Foucauld nasceu em 15 de setembro de 1858 em Estrasburgo, França. De família nobre, aristocrática, fica órfão de pai e mãe em 1864 e seus cuidados fica a cargo dos avós. Aos 16 anos escolheu a carreira militar, frequenta a Escola Militar de Saint-Cyr e foi combatente na África do Norte. 
Com a morte de seus avós, herdou uma pequena fortuna, que rapidamente se foi, devido a vida de libertinagem, regada de bebidas e prazeres.
No ano de 1883 deixa o Exército e viaja para Marrocos, na África, país fechado aos ocidentais. Para viver ali por dois anos teve que se disfarçar de judeu russo, corrento todos os perigos. Esta sua viagem de exploração rendeu uma obra etnológica muito apreciada: "Reconnaissance au Maroc", (Gratidão ao Marrocos). E chega a receber uma medalha da Sociedade Francesa de Geografia em reconhecimento ao trabalho de investigação no Norte de África. 
Seu contato com a cultura Islã produzi…

Galeria dos Mártires - Miguel Angel Soler

Imagem
MIGUEL ANGEL SOLER Médico e Militante Político PARAGUAY * 30/11/1975
Miguel Ángel Soler, médico e um político que militou no Partido Comunista do Paraguai. Foi assassinado no tempo da ditadura de Alfredo Stroessner no ano 1975.
Nasceu em Assunção no ano de 1923, foi um político paraguaio que militou primeiramente no Febrerismo, movimento político socialista e, em seguida, na década de 50, passando para o Partido Comunista paraguaio. Segundo algumas fontes, ele tinha vivido fora do país quando Alfredo Stroessner assumiu o poder em 1954. Ele vivia em Montevidéu, e depois passou a residir em Moscou, então capital da União Soviética. 
Em 30 de novembro de 1975, foi preso no bairro Herrera, em Assunção, em uma casa na rua 14 julho. O comando policial, composto pelo conhecido comissário da polícia política do ditador Stroessner, Camilo Almada Sapriza, entrou na casa quando Soler realizava uma reunião secreta com o Secretário-Geral da Juventude Comunista paraguaio, Derlis Villagra, e Rubén Gonzá…

Galeria dos Mártires - Luis Adolfo Jaramillo e Companheiros

Imagem
LUIS ADOLFO JARAMILLO e COMPANHEIROS
Mártires Operários CHILE * 29/11/1976
Luis Adolfo Jaramillo, militante cristão chileno de 41 anos radicado na Argentina, pai de 6 filhos e companheiros argentinos operários, ficaram desaparecidos durante 14 anos.
A partir do golpe militar em 24 de março de 1976, a repressão entra na fabrica com o objetivo de eliminar dirigentes e operários consciente.
Héctor Pérez e Francisco Carrizo, jovens operários que protestaram pelo desaparecimento de Luis tiveram a mesma sorte.
Segundo testemunha foram torturados com choques elétricos e golpes, ficando sem água durante dias.

Seus restos mortais foram encontrados numa vala comum com 250 cadáveres apresentando impactos de balas. Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada.

Galeria dos Mártires - Pe. Pablo Gazzarri

Imagem
Pe.  PABLO GAZZARRI Mártir e Servidor do Povo ARGENTINA * 29/11/1976
Pe.  Pablo Gazzarri, argentino, integrante da Comunidade dos Irmãozinhos do Evangelho, à qual se incorporou depois de exercer seu ministério sacerdotal na arquidiocese de Buenos Aires.
Foi sequestrado ao descer do carro de sua família, em frente a sua casa paterna, em pleno centro da cidade. Seu desaparecimento foi imediatamente comunicado ao Núncio apostólico, bem como ao arcebispo de Buenos Aires e parece que as autoridades militares reconhecem em principio sua detenção.
Foi levado para a prisão da Escola de Mecânica da Marinha (ESMA)
Após o golpe militar de 1976, a perseguição aos padres comprometidos foi aberta. Dezenas deles foram mortos (os Padres Palotinos de San Patricio, Pe. Carlos Mugica, Monsenhor Enrique Angelelli) e muitos outros desapareceram. 
Pablo estava muito consciente de que a qualquer momento ele poderia ser morto ou desaparecido, tendo em conta os mesmos compromissos assumidos por ele, tal qual Mugica,…

Galeria dos Mártires - Pe. Marcial Serrano

Imagem
Pe. MARCIAL SERRANO Mártir dos Lavradores EL SALVADOR * 28/11/1980
Marcial Serrano, sacerdote de 30 anos, pároco de Olocuita, diocese de San Vicente. Foi sequestrado após ter celebrado a missa no cantão Chatipa, paróquia de S. Tomas, quando voltava para casa.
Testemunhas relatam que o viram caminhar em companhia de membros da Guarda Nacional. Logo foi assassinado, segundo confessam seus capturadores, e seu cadáver foi lançado no lago Ilopanpo, com pedras amarradas aos pés.
O veiculo do Pe. Marcial foi encontrado num posto da Guarda Nacional. Seu corpo não apareceu.
Marcial era responsável pela cooperativa sacerdotal de El Salvador e todo seu trabalho pastoral se desenvolveu entre os camponeses.
Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada, a partir do livro: Sangue Pelo Povo, Ed. Vozes.

Galeria dos Mártires - Pe. Ernesto Barrera "Neto"

Imagem
Pe. ERNESTO BARRERA “NETO” Mártir da CEBs Salvadorenha EL SALVADOR * 28/11/1978
Ernesto Barrera, carinhosamente conhecido como “Neto”, sacerdote de 30 anos. Foi barbaramente torturado antes de ser assassinado.
Operário da JOC primeiro, e depois sacerdote, desde 1974, totalmente dedicado à pastoral operaria. Pároco de San Sebastián, em Cuidad Delgado, trabalhou para criar consciência de classe entre os operários, dentro do projeto do Reino de Deus.
Mons. Romero se encarregou de estabelecer o diálogo com os sindicatos a partir da posição da Igreja. 
“Neto tem consciência de que trabalha numa pastoral difícil e discutível e sente necessidade de avaliar seu trabalho com seus irmãos sacerdotes e com suas comunidades... É duro com os cristãos medíocres, mas aberto com os outros...Tem grande capacidade de contagiar alegria e vive pobremente. Tudo isso o faz crescer em espiritualidade, converte-se num verdadeiro místico dentro da pastoral operária”, disseram seus companheiros sacerdotes.
Os agentes …

Galeria dos Mártires - Liliana Esther Aimetta

Imagem
LILIANA ESTHER AIMETTA Mártir da Causa dos Pobres ARGENTINA * 28/11/1976
Liliana Esther Aimetta nasceu em 18 de junho de 1954, e, Buenos Aires, Argentina.
Militante da Igreja Metodista. Em Montoneros, era membro do Secretariado da Organização Columna Capital.
Tinha com apelidos, "Marcela" e "Mecha".
Trabalhou como professora na escola "Nuestra Señora del Rosario". 
No dia 28 de novembro de 1976 foi detida por membros das Forças Armadas e levada de sua casa na Rua Baigorri, 3444, Villa Park para a prisão da Escola de Mecânica da Marinha, (ESMA)
Ela tinha  22 anos no momento de seu desaparecimento.
Considerada mártir das causas dos pobres.
Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada.

Galeria dos Mártires - Pe. Nicolás Rodriguez

Imagem
Pe. NICOLÁS RODRIGUEZ Mártir da Justiça  EL SALVADOR * 28/11/1970
Nicolás Rodriguez. Sacerdote assassinado em San Antonio de los Ranchos, Chalatenango, El Salvador. 
Dom Oscar Romero, então auxiliar da arquidiocese de San Salvador, vai recolher seu corpo por ordem do arcebispo Luis Chavez. 
Um assassinato que pouco se disse na época. O povo, no entanto é quem sabe sobre a entrega e a generosidade de Nicolas, de suas denúncias contra todas as injustiças. Estas são as causas da sua morte, por defender a vida. 
Quando a verdadeira paz chegar em El Salvador, haverá tempo para entender melhor o caminho pastoral e profética Padre Nicolás Rodriguez, primeiro sacerdote assassinado em El Salvador. 
Assim como tantos cristãos que sabiam que poderia morrer a qualquer momento. Com o sangue derramado de Nicolás a Igreja em El Salvador começou seu calvário junto com o povo crucificado, que vai ressuscitando em sua luta pela paz e pela justiça.
Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminha…

Galeria dos Mártires - Enrique Álvarez Córdoba e Companheiros

Imagem
ENRIQUE ÁLVAREZ CÓRDOBA, MANUEL FRANCO, JUAN CHACÓN, HUMBERTO MENDONZA, ENRIQUE ESCOBAR BARRADA e DOROTEO HERNÁNDEZ Mártires da Justiça e da Solidariedade EL SALVADOR * 27/11/1980
Dirigentes da Frente Democrática Revolucionária de El Salvador. 
Capturados numa operação do exército, na qual participaram mais de 200 efetivos fortemente armados, quando se dispunham a dar uma entrevista à imprensa no Escritórios da Assistência Jurídica, o Colégio Externato São José, da Companhia de Jesus.
Seus cadáveres apareceram durante os dias 27 e 28 com sinais de estrangulamento, mutilações e perfurações de balas no crânio.
Foram assassinados porque defendiam os interesses do povo, diariamente massacrados pela fome, tortura e balas, e porque eram o símbolo de um anseio de libertação.
Seus corpos foram velados na catedral e enterrados em sua cripta. 
Em 2009, o presidente Mauricio Funes, o primeiro presidente eleito como candidato de um partido de esquerda em El Salvador, nomeado Centro Nacional de Tecnologia…

Mártires Camponeses de Chapi e Lucmahuaycco

Imagem
MÁRTIRES DE CHAPI e LUCMAHUAYCCO PERU * 26/11/1984

Chapi era um grupo de comunidades, onde mais de três mil camponeses cultivavam e colhiam coca e café e criavam animais de carga. Fica na província de La Mar, departamento de Ayacucho. Porém a estrada levava apenas a Vilcabamba. De lá tinham um longo trecho a pé, às vezes à 5.000 metros de altura, e depois descer pela selva, nas margens do Apurimac.
Entre junho e julho, Chapi desapareceu devido ao pesado bombardeio de helicópteros contra a população civis. A justificativa do bombardeios eram porque perseguiam suspeitos da guerrilha. Eles atiravam impiedosamente. Dia e noite. 
"Eles eram pastores e semeadores e passavam várias vezes pelo mesmo lugar", diz Alejandro Delgado, que conseguiu sobreviver. Os camponeses de Mejorada e Almachayoc, fugindo, foram para os juncos. Ali foram cercados pelos fogo dos bombardeios. "Eu não sei quantos foram queimados, mas você ainda pode ver restos carbonizados", segue contando Alejandro…

Galeria dos Mártires - Marçal de Souza Tupã'i

Imagem
MARÇAL DE SOUZA TUPÃ’I Guarani, Líder Indígena ANTÔNIO JOÃO – MS * 25/11/1983
Indígena guarani, Marçal, declara sua filha Edna, “sonhava em unir todas as nações indígenas”. “Não podemos viver amedrontados, escrevia ele aos irmãos indígenas da Argentina...: Unam-se e façam-se fortes”
Inutilmente o latifúndio tentou comprá-lo. Recebeu muitas ameaças; mas repetia, esse Pequeno Grande Homem dos povos indígenas do Sul: “Eu não vou deixar meu ideal”.
No histórico encontro com João Paulo II, naquela sacada de Manaus, profetizou intrépido, sua morte, como aliás a anunciava frequentemente entre os seus: “sei que um dia vou tombar em meio à luta no meu caminho, mas sei que minha morte vai servir de exemplo para muitos”.
Foi barbaramente assassinado no dia 25 de novembro de 1983 em sua casa, na Aldeia de Campestres, na defesa das terras dos índios Kayuá-Piraqué. 
Fala de Marçal em frente do palácio episcopal de Manaus-AM em Julho de 1980.
"Eu sou representante da grande tribo guarani, quando, nos…

Galeria dos Mártires - Irmãs Mirabal

Imagem
PATRIA, MINERVA e ANTONIO MARIA TERESA MIRABAL Mártires da Resistência REPÚBLICA DOMINICANA * 25/11/1960
As Irmãs Mirabal e o Dia Internacional para a Erradicação da Violência e Exploração da Mulher. As Irmãs Mirabal, filhas de Mercedes Camilo Reyes e Enrique Mirabal, comerciante e proprietário de terras, foram covardemente assassinadas pela ditadura de Rafael Leónidas Trujillo de Molina, o Generalíssimo Presidente que governou com extrema violência a República Dominicana de 1930 a 1961.
Patria Mercedes Mirabal, Bélgica Adela Mirabal, Minerva Argentina Miraba e Antonia María Teresa Mirabal, conhecidas como Irmãs Mirabal, ou ainda, Las Mariposas, nasceram em Ojo de Agua, na província de Salcedo, no norte do país. De uma família importante daquela região, seu pai havia sido prefeito da cidade de Ojo de Agua, no início da ditadura Trujillo.
Minerva foi a primeira irmã a se envolver com o movimento contra Trujillo, sendo influenciada por seu tio e um amigo de colégio, cuja família tinha sido pr…