Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Galeria dos Mártires - Arlen Siu

Imagem
ARLEN SIU Mártir da revolução nicaraguense NICARÁGUA * 01/08/1975
Memória dos 40 anos do seu martírio.
Arlen Siu, estudante universitária nicaraguense de 18 anos e militante do Movimento Cristão, incorporou-se à Frente Santinista, sendo assassinada pela Guarda Nacional nas imediações de El Sauce, com dois companheiros universitários: Mário Estrada de 21 anos e Jorge Matos de 19 anos.
Como cristã e revolucionária, Arlen participou ativamente das lutas de seu povo, que a conhecia com seu inseparável violão que tocava para acompanhar as canções que compunha.
Alegre, sincera, fraterna e meiga, Arlen era muito querida de todos os que a conheceram, especialmente os mais pobres.
Sendo uma das primeiras mulheres que se incorporaram à Frente Sandinista, quando a repressão da ditadura ameaçava e perseguia os camponeses, Arlen foi um símbolo da mulher que luta pela libertação de seu povo.
María Rural(Arlen Siu)
Por los senderos del campo Llevas cargando tu pena Tú pena de amor y de llanto En tu vientre de…

Galeria dos Mártires - Frank País García

Imagem
FRANK PAÍS GARCÍA Líder da Insurreição Cubana CUBA * 30/07/1958
Frank País García nasceu no dia 07 de Dezembro de 1934 em Santiago de Cuba. Seu pai era Francisco País Pesqueiro, um pastor protestante casado com Rosário García Calvin, ambos de Marín, Pontevedra Galicia (Espanha), que emigrou para Cuba. Francisco País como o primeiro convertido e batizado na Igreja Evangélica de Marin foi um dos fundadores da Primeira Igreja Batista de Santiago de Cuba.
Frank foi um dirigente estudantil reformista, inteligente e disciplinado, artista e organizador, presidente da "Associação de Alunos", professor gratuito na Escola para Operários, participou ativamente, com escritos e em manifestações públicas, na luta clandestina contra a ditadura.
Um líder revolucionário cubano que lutou contra a ditadura de Fulgencio Batista. Foi um dos fundadores da “Ação Nacional Revolucionária” que se chamou mais tarde “Movimento Revolucionário 26 de Julho”.
Seu irmão mais novo Josué País que seguia seus passos…

Galeria dos Mártires - Pe. Stanley Francis Rother

Imagem
Pe. STANLEY FRANCIS ROTHER Mártir defensor dos pobres GUATEMALA * 28/07/1981
Stanley Rother, missionário americano na Guatemala, sacerdote de 46 anos. Nasceu em Oklahoma, USA, trabalhou por 13 anos com os indígenas Cakchiquel na Guatemala. Durante todo esse tempo ele só queria cuidar do seu rebanho, na paz e harmonia. Outros sacerdotes americanos da área o consideravam o mais conservador de seu grupo. Era pacífico, dedicava seu tempo a ajudar o povo, a melhorar a agricultura e a saúde das pessoas.
Vários paroquianos seus, inocentes camponeses, foram assassinados pelo Exército. Pe. Stanley escreve uma carta denunciando essas atrocidades. Seu escrito circulou nos Estados Unidos (publicado em vários jornais e revistas), provavelmente foi esse o motivo que o levaria a ser assassinado.
Sua atitude tranquila, pacifica se transformava quando o povo estava sofrendo injustiça. Em certa ocasião, o Exército convocou uma reunião com o povo, no parque central. O tenente do Exército e comandante do dest…

Galeria dos Mártires - Pe. Ezequiel Ramin

Imagem
Pe. EZEQUIEL RAMMIN
Mártir da Terra
CACOAL-RO * 24/07/1980

Memória dos 35 anos de seu martírio
Ezequiel Ramin, jovem missionário comboniano, veio da Itália para Rondônia, na diocese de Ji-Paraná, onde se entregou generosamente ao serviço e à defesa dos indígenas e dos sem terra. 
Vibrava pelas causas da justiça e libertação. 
Ameaçado, não desistiu em sua pastoral vinculada ao CIMI e a CPT. Morreu na estrada, crivado de balas pelo latifúndio. E em sua homenagem, foi composto nosso popular canto “Pai Nosso dos Mártires”.
Abaixo algumas frases dita por Ezequiel Ramin:
- Amo todos vocês e amo a justiça... Não aprovamos a injustiça, embora recebemos violência. O padre que vos está falando recebeu ameaças de morte. Queridos irmãos, se minha vida lhes pertence, também minha morte lhes pertencerá.
- Existem, hoje, marginalizados e esquecidos, nas penitenciarias, nos hospitais, asilos, reformatórios, barracos, nas calçadas e debaixo dos viadutos das grandes cidades. São os excluídos da vida. Como se p…

Galeria dos Mártires - Pe. Jorge Oscar Adur

Imagem
Pe. JORGE OSCAR ADUR
Cristão pela Libertação ARGENTINA * 22/07/1980

Memória de 35 anos.
Jorge Oscar Adur, sacerdote assuncionista argentino, de 48 anos. Exilado em Paris, viajou para a Argentina, onde foi sequestrado quando se dirigia ao Brasil, por motivo da viagem do Papa. 
Em sua juventude, Jorge foi presidente da JEC (Juventude Estudantil Católica), em sua terra natal. Aos vinte anos ingressou na Congregação dos Padres Assuncionistas, onde foi ordenado sacerdote.
Como tal, desenvolveu um intenso trabalho pastoral tanto na "villa miseria" de Belgramo como em vários colégios de Buenos Aires. Posteriormente foi nomeado superior do Escolsticado Assuncionista Latino-Americano em Santiago do Chile, regional de sua Congregação na Argentina, assessor nacional de Ação Missionária Argentina, fundador da Equipe de Pastoral Vocacional da Conferência dos Religiosos da Argentina, assessor de vários grupos de Ação Católica.
Com o golpe militar de 1976, sua casa foi invadida e, como não o enco…

Galeria dos Mártires - Wilson de Souza Pinheiro

Imagem
WILSON DE SOUZA PINHEIRO Sindicalista, Líder dos Seringueiros BRASILÉIA – AC * 21/07/1980

Memória dos 35 anos de seu martírio.
Wilson de Souza Pinheiro, pai de 8 filhos, defensor dos direitos dos lavradores pobres. Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Wilson assume decididamente a defesa de seus companheiros, os seringueiros pobres, até ser assassinado, por este motivo, na própria sede do Sindicato dos Trabalhadores de Brasileia.

Wilson tinha 47 anos quando foi assassinado no dia 21 de julho de 1980 pelos pistoleiros José A. Prado e Manoel P. dos Santos, a mando de Nilo Sérgio Oliveira e outro fazendeiro não identificado.
O clima era sumamente tenso naquelas regiões acreanas, quando inclusive os fazendeiros seringalistas chegavam a convidar “a matar padres e freiras” e anunciavam que haveria “muitas viúvas no Acre”. O bispo Dom Moacyr Grechi, organismos sindicais e eclesiais, lideranças políticas e a Anistia Internacional defenderam historicamente a causa dos seringueiros, que …

Galeria dos Mártires - Bartolomeu de las Casas

Imagem
BARTOLOMEU DE LAS CASAS
Profeta, Defensor da causa dos Índios e Negros MADRI * 17/07/1566
Bartolomeu de Las Casas nasceu em Sevilha, na Espanha, no ano de 1474. Seu pai era um mercador da esquadra de Colombo, na segunda viagem ao novo continente. Estudou na Universidade de Salamanca, onde se graduou em direito. 
Depois viajou para Roma, onde terminou os estudos e ordenou-se sacerdote em 1507. A rainha Isabel, chamada "a católica", da Espanha, considerava a evangelização dos índios a justificativa mais importante para a expansão colonial. Insistia para que os sacerdotes e frades estivessem entre os primeiros a fixarem-se na América. Em 1510, Bartolomeu de Las Casas retornou à ilha Espanhola, agora como missionário, para combater o tratamento cruel e desumano dado as índios pelos colonizadores.
Para defender os índios no novo continente, Bartolomeu viajou várias vezes à Espanha, apelando aos oficiais do governo e a todos que o quisessem ouvir. Desde que ingressou na vida religiosa …

Galeria dos Mártires - Ivo Abani

Imagem
IVO ABANI
Mártir da Terra Livre
PALMA SOLA-SC * 16/07/1989

Ivo Abani, trabalhador sem terra, assassinado no dia 16 de julho de 1989, durante violenta desocupação da Fazenda Caldatto, município de Palma Sola-SC, onde outras 40 pessoas foram feridas e 11 presas.
Ficou assim, antes de morrer, silencioso.
E pensou um poema de olhos fechados:

"Canário aderindo ao sol
Faz que esmorece
O músculo do dia.

Detrás do traje oleoso
A sombra cuida do esquecimento.

Eu pego para mim um relâmpago
Desnudo, para envelhecer.

Quero dormir no meio da tempestade".

Poema do livro: Raízes, memória dos Mártires da Terra, de Jelson Oliveira.

Galeria dos Mártires - Pe. Rodolfo Lunkenbein e Simão Bororo

Imagem
Pe. RODOLFO LUNKENBEIN e SIMÃO BORORO Mártires da Terra Indígena MERURI – MT * 15/07/1976
Missionário salesiano entre os índios Bororo, na aldeia de Meruri, Pe. Rodolfo pôs nessa missão toda sua “jovialidade e amizade, sua serenidade e exatidão na prática religiosa e nos estudos; seu espírito de trabalho e sacrifício”. Sabia muito bem do risco que corria: “Também hoje o missionário, afirmou, deve estar disposto a sacrificar sua vida”. “Não há nada mais bonito do que morrer pela causa de Deus. Este seria meu sonho”.
Mártir glorioso da nova pastoral indigenista do CIMI, ele deu a vida pelas terras bororo e o índio bororo Simão, no mesmo martírio, deu a vida pelo missionário Rodolfo.
Prece da Esperança no Compromisso
Deus, nosso Pai, celebramos, com a morte gloriosa do Cristo, a morte gloriosa de Rodolfo e de Simão, o sangue de Teresa, de Lourenço de Zezinho e de Gabriel; a angústia e a solidariedade de Ochoa, dos bororós, dos missionários ... perfeitos no amor, segundo a Palavra de Cristo: o…

Galeria dos Mártires - Héctor Jurado

Imagem
HÉCTOR JURADO
Mártir do Povo Uruguaio
URUGUAI * 15/07/1972

Héctor Jurado, pastor metodista uruguaio. 
Detido pela polícia, morreu em consequência das torturas no Hospital Militar, poucos dias depois de sua prisão.
Embora não tenham sido fornecidos os resultados da autópsia, sabe-se que o corpo de Héctor apresentava sinais de maus tratos, além de uma ferida provocada por bala e outra provocada por corte.
O comunicado oficial disse que ele havia se suicidado com arma branca no momento da detenção.
Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada, a partir de leitura dos livros: Sangue pelo Povo - Martirológio Latino-Americano - Ed. Vozes 

Galeria dos Mártires - Fernando Hoyos e "Chepito"

Imagem
Pe. FERNANDO HOYOS e "CHEPITO IXIL"
Mártires entre os Povos Indígenas GUATEMALA * 13/07/1982
Sacerdote jesuíta espanhol, Fernando foi missionário na Guatemala. Membro da Direção Nacional do Exército Guerrilheiro dos Pobres. Morreu combatendo na cordilheira dos Cuchumatanes, às margens do rio San Juan.
Simples, fraterno, sincero, pobre como os pobres da Guatemala, Fernando era um sacerdote sempre disposto a ensinar, a iluminar com a reflexão teológica oportuna, a ouvir, a servir aos indígenas do altiplano, aos camponeses da costa sul, aos professores, catequistas, universitários na tarefa comum de ir gerando uma Guatemala nova. 
Para isso trabalhou incansavelmente; deu cursos; caminhou horas a fio pela montanha, fiel lema que o levara ao sacerdócio: "Lançar a sorte com os pobres desta terra". Até que um dia compreendeu que a voz dos pobres clamando justiça era abafada com a mentira, cadeia, tortura e massacre. 
E com eles decidiu seguir o único caminho possível: a luta ar…

Galeria dos Mártires - Dom Carlos Horário Ponce de León

Imagem
DOM CARLOS HORÁRIO PONCE DE LEÓN
Mártir da Justiça ARGENTINA * 11/07/1977
Carlos Horacio Ponce de León, nasceu em Navarro, 17 de Março de 1914,  foi bispo da diocese de San Nicolas de los Arroyos (província de Buenos Aires).
Foi ordenado sacerdote em 17 de dezembro de 1938, depois de ter completado seus estudos no Seminário Arquidiocesano de Buenos Aires. Em 09 de Junho de 1962, foi nomeado bispo auxiliar de Salta (província de Salta) e em 15 de Agosto de 1962, recebeu a consagração episcopal na Basílica de Santa Rosa. 
Em 28 de abril de 1966, foi nomeado bispo titular de San Nicolas los Arroyos pelo Papa Paulo VI e esteve a frente da diocese por 11 anos.
Durante os onze anos em que governou a diocese de San Nicolas, realizou e impulsionou toda a obra do apostolado de ação social em uma atitude permanente de serviço à comunidade, em cumprimento de seu lema episcopal expressa no escudo que sintetiza toda a sua vida. "Eu não vim para ser servido, mas para servir". Pelo seu compromis…

Galeria dos Mártires - Pe. Faustino Villanueva

Imagem
Pe. FAUSTINO VILLANUEVA
Mártir do Povo Indígena de El Quiché GUATEMALA * 10/07/1980
Pe. Faustino Villanueva, missionário espanhol do Sagrado Coração, de 50 anos. Durante vinte anos trabalhou no serviço pastoral na Guatemala, especificamente entre os indígenas de El Quiché; sendo pároco de Joyabaj. 
Foi assassinado no dia 10 de Julho de 1980 por dois homens armados que o procuraram após a missa.
Crivado de balas no seu próprio escritório paroquial. Não foi permitido aos fiéis recolher o cadáver que foi entregue em Chichicastenango. Faustino morreu por sua entrega aos indígenas, que são de fato os marginalizados da sociedade guatemalteca. Assassinado por ser dessa Igreja que defende os pobres e marginalizados.

Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada.