Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

Monsenhor Leonidas Proaño, Profeta dos Povos Indígenas do Equador

Imagem
Leonidas Proaño, pilar da Igreja dos pobres do Equador Ele nos ensinou a organizar a partilha e a equidade a partir de uma visão política participativa, a não ficar na caridade que paralisa, mas a dar a mão para que os agoniados se levantem e caminhem com suas próprias pernas. A reportagem é de Soledad Monroy e publicada por Religión Digital, 31-08-2013. A tradução é de André Langer. “Por que buscais entre os mortos aquele que está vivo?” (Lc 24,5). Hoje, 31 de agosto, aos 25 anos da páscoa de dom Leonidas Proaño, recordamos sua partida e celebramos sua presença. Aqueles que conheceram dom Proaño recordam-no como mestre que sabia ouvir e animar, um pastor próximo que estava convencido de que “são os pobres que nos evangelizam”. Organizou as comunidades e a Igreja de Riobamba a partir da satisfação das necessidades dos mais pobres. Quem eram estes organizadores? Os próprios pobres. Para atingir este objetivo transformou a casa de Santa Cruz em um centro de formação de alcance internaci…

Galeria dos Mártires - Chacina de Vigário Geral

Imagem
CHACINA DE VIGÁRIO GERAL Mártires Inocentes  RIO DE JANEIRO * 30/08/1993  
A Chacina de Vigário Geral foi um massacre ocorrido na favela de Vigário Geral, localizada na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. 
Na madrugada do dia 29 de agosto de 1993, a favela foi invadida por um grupo de extermínio formado por de mais de cinquenta homens encapuzados e armados, que arrombaram casas e executaram vinte e um moradores, sendo 13 homens, 6 mulheres e 2 adolescentes. Nenhuma das vítimas possuía envolvimento com o tráfico de drogas. A chacina de Vigário Geral foi uma das maiores já ocorrer no Estado do Rio de Janeiro. 
Foram assassinados; o estudante Fábio Pinheiro Lau, 17 anos, o metalúrgico Hélio de Souza Santos, 38 anos, Joacir Medeiros, 69 anos, o enfermeiro Guaracy Rodrigues, 33 anos, o serralheiro José dos Santos,47 anos, Paulo Roberto Ferreira, 44 anos, motorista, o ferroviário Adalberto de Souza, 40 anos, o metalúrgico Cláudio Feliciano, 28 anos, Paulo César Soares, 35 anos, o gráfico Clé…

DOM HÉLDER CÂMARA e DOM LUCIANO MENDES DE ALMEIDA.

Imagem
MEMÓRIA PROFÉTICA DOIS GRANDES HOMENS, QUE FIZERAM DE SUAS VIDAS UM SERVIÇO AO POVO. DOM HÉLDER CÂMARA e DOM LUCIANO MENDES DE ALMEIDA.
------------------------------------- Dom Hélder faleceu no dia 27 de Agosto de 1999, era e é conhecido como “Irmão dos Pobres”, “Profeta da Paz e da Esperança”.

Era a simplicidade encanada, viveu com o povo e como o povo. Dom Helder foi um dos propositores do documento assinado por cerca de 40 padres conciliares, nas catacumbas de Domitila, em Roma, durante o Concílio Vaticano II.
Conhecido por ter lutado em prol de melhores condições de vida para os mais pobres e também por ter denunciado as torturas da ditadura.
Na Missa dos Quilombos, composta por Pedro Casaldáliga, Pedro Tierra e Milton Nascimento e celebrada no dia 20 de novembro de 1981 em Recife (PE), para um público de 8 mil pessoas, Dom Hélder fez esta profética poesia/oração:
MARIAMA
Mariama, Nossa Senhora, mãe de Cristo e Mãe dos homens! Mariama, Mãe dos homens de todas as raças, de todas as co…

Galeria dos Mártires - Felipe de Jesús Chacón

Imagem
FELIPE DE JESÚS CHACÓN Mártir da Fé EL SALVADOR * 26/08/1977
Felipe de Jesús Chacón, lavrador, catequista, mártir de El Salvador.
Foi assassinado no dia 26 de Agosto de 1977 pelos soldados de segurança, seu cadáver apareceu esfolado e mutilado,"como o apóstolo Bartolomeu", diria Monsenhor Oscar Romero toda vez que recordava a terrível morte de Felipe de Jesús.
Seu pároco o reconhecia publicamente como "um grande cristão".
Felipe de Jesús foi catequista e membro dos cursilhos de cristandade de Chalatenango. Seu filho João chegou a ser secretário geral do Bloco Popular revolucionário e, como tal, o máximo dirigente da Frente Democrática Revolucionária, tendo sido sequestrado e assassinado com os demais dirigentes da F.D.R. em novembro de 1980.
Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada, a partir do livro: Sangue Pelo Povo e de pesquisas na internet

Galeria dos Mártires - Pe. Alessandro Dordi Negroni

Imagem
Pe. ALESSANDRO DORDI NEGRONI Mártir da Promoção Humana PERU * 25/08/1991
Alessandro Dordi Negroni, conhecido como Padre Sandro Dordi, era o segundo de treze filhos. Nasceu em San Marino Gromo-Bergamo (Itália), 23 de janeiro de 1931. Estudou no Seminário Diocesano de Cluson, onde foi ordenado sacerdote quando tinha apenas 23 anos de idade. Em 1980, aceitou o convite do arcebispo Luis Bambarén, então Bispo de Chimbote, para assumir a paróquia Senhor Crucificado de Serra, Peru.
Padre Sandro Dordi sempre sonhou em ir para a África como missionário, mas as circunstâncias o levaram a visitar a América Latina, onde ele acabou ficando apaixonado pelo Peru, e sempre soube que, após o atentado contra os padres franciscanos em Pariacoto, ele poderia ser o próximo.
"Foi um homem bom, sincero e corajoso, um verdadeiro missionário. Ele foi quem nos chamou para servir aqui, uma terra em que ele manteve-se completamente apaixonado, se sentindo sempre mais um peruano" conta Virginia Piu, irmã da …

Galeria dos Mártires - Pe. Alessandro Dordi Negroni

Imagem
Pe. ALESSANDRO DORDI NEGRONI Mártir da Promoção Humana PERU * 25/08/1991
Alessandro Dordi Negroni, conhecido como Padre Sandro Dordi, era o segundo de treze filhos. Nasceu em San Marino Gromo-Bergamo (Itália), 23 de janeiro de 1931. Estudou no Seminário Diocesano de Cluson, onde foi ordenado sacerdote quando tinha apenas 23 anos de idade. Em 1980, aceitou o convite do arcebispo Luis Bambarén, então Bispo de Chimbote, para assumir a paróquia Senhor Crucificado de Serra, Peru.
Padre Sandro Dordi sempre sonhou em ir para a África como missionário, mas as circunstâncias o levaram a visitar a América Latina, onde ele acabou ficando apaixonado pelo Peru, e sempre soube que, após o atentado contra os padres franciscanos em Pariacoto, ele poderia ser o próximo.
"Foi um homem bom, sincero e corajoso, um verdadeiro missionário. Ele foi quem nos chamou para servir aqui, uma terra em que ele manteve-se completamente apaixonado, se sentindo sempre mais um peruano" conta Virginia Piu, irmã da …

Galeria dos Mártires - Ir. Alfredo Fiorini

Imagem
Ir. ALFREDO FIORINI Mártir da Solidariedade MOÇAMBIQUE * 24/08/1992
Em vez de prosseguir uma carreira profissional de sucesso na Marinha, o jovem italiano Alfredo Fiorini optou por ser missionário e médico. Morreu em Moçambique, vítima de uma emboscada, há precisamente vinte e quatro anos. Desde muito pequeno ouvia em casa a sua mãe rezar pelas vocações, até que um dia o pequeno Alfredo perguntou à mãe: «Como é que Deus chama? Como é a sua voz?»Era o princípio de uma aventura na descoberta da sua vocação. Aos 18 anos, participou num campo de férias para jovens, em Florença, Itália. Com outros jovens percorria as ruas da cidade a recolher papel e ferro velho para depois vender, sendo os lucros da venda destinados a financiar a construção de casas no Bangladesh.
Depois da escola secundária, ingressou na Faculdade de Medicina, com o sonho de vir a ser médico em algum país africano. Estudioso e responsável, terminou o curso de Medicina com notas altas. Passou pela Marinha para cumprir o serviç…

Galeria dos Mártires - Pe. Alberto Hurtado

Imagem
Pe. ALBERTO HURTADO Apóstolo dos Pobres CHILE * 18/08/1952
Pe. Alberto Hurtado, sacerdote jesuíta,.

No dia 18 de agosto, lembramos a morte de um dos jesuítas mais notáveis ​​do século XX, o padreAlberto Hurtado. Foi beatificado porJoão Paulo IIe canonizado peloPapa Bento XVI. A nota foi publicada por Jesuit Restoration 1814, 18-08-2014. A tradução é de Claudia Sbardelotto. Nascido no Chile, na virada do século XX, em 1901, Hurtado estudou direito e trabalhou em um jornal católico conservador, até entrar para os jesuítas em 1923. Depois de uma longa formação e trabalho como professor, aos 40 anos, ele tornou-se capelão universitário no Chile. Esse apostolado teve um grande impacto em sua vida, sob sua orientação, as capelanias cresceram rapidamente - de 1500 alunos em 50 centros em 1941 para 12 mil alunos em 500 centros em 1944. Esse trabalho levou-o naturalmente a fundar uma organização, conhecida como "Servicio de Cristo Rey" [Serviço de Cristo Rei], para a qual convidava um grup…

Galeria dos Mártires - Josias Paulino de Castro e sua esposa, Ireni da Silva Castro

Imagem
JOSIAS PAULINO DE CASTRO e IRENI DA SILVA CASTRO Mártires da Terra Livre COLNIZA-MT * 16/08/2014
Josias Paulino de Castro, 54 anos, e sua esposa, Ireni da Silva Castro, 35 anos, líderes rurais, foram assassinados em Colniza, MT, no dia 16 de Agosto de 2014.
Josias era Presidente da Associação ASPRONU (Associação de Produtores Rurais Nova União), ele teria denunciado alguns políticos da região, por extração ilegal de madeira. Também denunciou a Polícia Militar por irregularidades e órgãos do governo por emissão irregular de títulos definitivos das terras na região.
A execução revoltou moradores da região, já que todos sabiam que o casal foi até Cuiabá realizar várias denúncias ao ouvidor Agrário Nacional, desembargador Gercino José da Silva. 
Josias já havia afirmado por várias vezes a existência de "pistoleiros" na região e que nunca foram tomadas providências. E segue dizendo: "Estamos morrendo, somos ameaçados, o Governo de Mato Grosso é conivente, a PM de Guariba protege e…

Galeria dos Mártires - Irmão Roger de Taizé

Imagem
Ir. ROGER SCHUTZ Mártir do Ecumenismo FRANÇA * 16/08/2005
Memória de 11 anos de seu Martírio.

Roger Schutz, religioso Fundador da Comunidade Ecumênica de Taizé nasceu em 12 de maio de 1915 em Jura (Suíça). Filho de um pastor protestante. Muito pequeno, foi morar com sua avó, de confissão evangélica e atormentado pela Primeira Guerra Mundial. 
Recém ordenado pastor, fez uma viagem de moto para a França de 1940 pensando em como ajudar as vítimas da guerra. Uma noite, ele chegou a uma aldeia em Borgoña ao lado da linha que divide a França de Vichy, ocupada por Hitler.  A aldeia se chamava Taizé.
Ali fundou uma comunidade aberta aos membros de todas as Igrejas Cristãs. Ele nunca fez distinção entre os jovens de diferentes religiões. Luteranos, calvinistas, evangélicos, ortodoxos ou católicos se reuniam com ele.
Roger foi morar com sua irmã em uma casa abandonada até que a guerra foi chegando aos judeus, refugiados políticos e desertores nazistas. Todos eram bem-vindos naquela casa em ruínas e se…