segunda-feira, 26 de junho de 2017

Galeria dos Mártires - Os Mártires de Olancho

OS MÁRTIRES DE OLANCHO
Mártires da Solidariedade
HONDURAS * 25/06/1975

42 anos da memória martirial de Ivan Betancur, Michael Jerome Cypher, “Casimiro”, e Companheiros.

Ivan Betancur era colombiano, de 35 anos, e Michael “Casimiro”, franciscano norte-americano de 34 anos, ambos sacerdotes da Prelazia de Olancho, em Honduras. No dia 25 de junho de 1975 foram assassinados com outros sete camponeses e pessoas vinculadas à promoção do campesinato.

O massacre, preparado em todos os seus detalhes, foi executado por um fazendeiro e membros do exército que, pela manhã desse mesmo dia, haviam suspendido a “Marcha da Fome” e reprimido brutalmente seus responsáveis.

O testemunho de Ivan e de “Casimiro” e o trabalho de conscientização que se realizava através do Instituto “18 de Fevereiro” e da União Nacional dos Camponeses, era insuportável para os latifundiários que pretendiam manter terras e privilégios à custa da fome e da miséria dos camponeses.

As vítimas foram levadas à fazenda “Los Horcones” e aí assassinadas uma por uma, com disparos na cabeça e seus corpos enterrados a 29 metros de profundidade.

Os que conheceram a Ivan recordam-no como pessoa incansável e alegre em seu trabalho pastoral, homem de muita fé e oração, capaz de dar a vida em sua luta pela justiça. Michael “Casimiro” era um verdadeiro testemunho de pobreza e de entrega total à causa do povo, por quem ele morreu.

Seus companheiros mártires são: Juan Benito Montoya, camponês; Ruth Garcia, estudante; Lincoln Coleman, secretário da União Nacional dos Camponeses; Maria Elena Bolívar, cunhada de Ivan; Roque Ramón Andrade, das Escolas Radiofónicas; Oscar Ovidio Ortiz, camponês; Bernardo Rivera, assessor técnico.

Ivan Betancur
Michael Jerome Chrisper

                    Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada,
a partir de leitura do livro: Sangue Pelo Povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário