segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Galeria dos Mártires - Daniel Esquivel

DANIEL ESQUIVEL
Mártir da Causa Operária
ARGENTINA * 01/02/1977

Daniel Esquivel, leigo paraguaio de 31 anos. Em 1970, emigrou para a Argentina e se qualificou como eletricista.

Membro da JOC no seu país, e da Equipe de Pastoral de Paraguaios, em Buenos Aires, onde vivia numa “villa miséria”* desde 1970, como milhares de compatriotas imigrantes.

Desapareceu de madrugada quando vários carros cercaram seu casebre, deles descendo homens armados e, depois de o espancarem, levaram-no.

Todas as diligências efetuadas pelo bispo, por sacerdotes e familiares foram inúteis.

Daniel vivia o Evangelho minuto por minuto, num serviço permanente a seus irmãos, especialmente os mais pobres.

Queria ser sacerdote sem deixar de ser operário, mas não foi aceito por não ter sequer concluído os estudos primários.

“Homem simples, transparente, apresentava-se tal como era. Servidor cem por cento”, disse um colega operário.

“Nunca se queixava de sua situação, estivesse cansado, com fome ou doente... Pelo contrário, sempre com um sorriso, com uma palavra de alento e muita fé em Deus”, comentava uma amiga do lugar onde morava.

“Nós sacerdotes víamos nele um modelo para nosso sacerdócio”, disse um deles que o conheceu bem.

* Villa Miseria: população marginalizada de moradias muito precárias, de madeira e lata. Seus habitantes se chamam villeros.

Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada,
a partir do livro: Sangue Pelo Povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário