segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Galeria dos Mártires - Agustín Farabundo Marti

AGUSTÍN FARABUNDO MARTÍ
Revolucionário Político
EL SALVADOR * 01/02/1932

Agustín Farabundo Marti, salvadorenho, revolucionário político nascido em 5 de Maio, 1893, em Teotepaque, El Salvador. 

Ele estudou direito e mais tarde se juntou a luta política, por isso é expulso do país pelo presidente Jorge Melendez. Permaneceu por vários anos no exílio e ao seu retorno se junta à Federação Regional dos Trabalhadores (1925).

Em 1928, entrou para a luta anti-imperialista de Augusto Cesar Sandino na Nicarágua contra os Estados Unidos. Ele participou de ações armadas e foi secretário de confiança Sandino, difundindo pelo mundo da luta sandinista.

Ele retornou ao seu país em 1930 como secretário-geral da Ajuda Vermelha Internacional em El Salvador. Em 1931, ele foi secretário-geral do Partido Comunista e organizou a insurreição de 1932, porém, seus planos foram descobertos, sendo capturado a mando do Presidente Maximiliano Hernández Martínez. Condenado em tribunal marcial, foi fuzilado no cemitério geral em San Salvador, El Salvador, em 01 de fevereiro de 1932. 

Sua figura tornou-se o símbolo da luta popular defendida pela Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional (FMLN), movimento de guerrilha, que em 1992, abandonou as armas.

Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário