quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Galeria dos Mártires - Dorothy Kasel, Ita Catherine Ford, Jean Donovan e Maura Clark

Dorothy Kasel, Ita Catherine Ford, Maura Clark, religiosas, e Jean Donovan, leiga.
Mártires da Solidariedade
El SALVADOR * 02/12/1980


Ita Ford, 41 anos, Maura Clark, 50 anos, são missionárias de Marykoll; Dorothy, também de 41 anos, é religiosa Ursulina e Jean Donovan, de 27 anos é missionária leiga. Todas de nacionalidade americana.

Sequestradas enquanto viajavam entre o aeroporto e a cidade de San Salvador, logo foram assassinadas com um tiro na cabeça de cada uma.

Jean foi violentada antes e se presume que as outras igualmente. 

Pela atuação e trabalhos com os mais pobres, já haviam sido ameaçadas de morte. As quatros viveram sempre em bairros e populações marginalizadas, assumindo a sorte dos pobres até a entrega de suas vidas.

Maura trabalhou intensamente na Nicarágua, onde é recordada com carinho. Ita Ford chegou a El Salvador, procedente do Chile, em 1979, e se colocou a disposição do Monsenhor Romero para a missão, que lhe confiou um trabalho pastoral assistencial em Chalatenango, local em que o povo fugiam por causa da violência desencadeada no país. 

Mais tarde juntaram-se a elas Dorothy e Jean, da equipe missionária de Cleveland (EUA), que trabalhavam na paróquia de La Liberdad.

A morte as surpreendeu num momento em que se faziam os preparativos para um programa de assistência a todo o vicariato.

O sangue destas novas mártires foi fecundo, despertando a consciência de seus irmãos norte-americanos, em favor da solidariedade com o povo salvadorenho, enquanto seus corpos descansam em Chalatenango, onde trabalharam até a morte.

Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário