segunda-feira, 3 de julho de 2017

Frei Tomás Zavaleta

Frei TOMÁS ZAVALETA
Mártir da Igreja dos Pobres
NICARAGUA * 03/07/1987

Memória dos 30 anos de seu Martírio

Tomás Zavaleta nasceu em Olocuilta, El Salvador, em 1947. No ano de 1966 entrou para congregação Franciscana no seminário menor de Planes de Renderos, e em 1975 fez sua Profissão Solene.

Trabalhou por 11 anos nos Seminários de Plenes de Renderos (El Salvador) e San Buenaventura (Guatemala), sempre vivendo com alegria e atendendo a todos com humildade e fé.

Durante os anos de 1979 a 1983 prestou serviço à Curia General dos Franciscanos em Roma, e seu superior geral na ocasião Jhon Vaugh, assim disse de Frei Tomás: “Tomás era um amigo, um companheiro maravilhoso, um homem muito atento, um frade de profunda oração e muita confiança”.  

Foi enviado no ano 1986 para Matiguas na Nicarágua, em plena zona de conflito.

No dia 3 de julho de 1987, regressando de uma arriscada missão humanitária, uma mina anti-tanques explodiu o veiculo em que viajava, se tornando a primeira vítima da guerra contra-revolucionária na Nicarágua.

Se tornou mártir da Igreja dos Pobres, da Caridade e da Solidariedade Centro-americana.
  
Seus restos mortais descaça no Cemitério “Jardins das Recordações” em El Salvador.


Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada,
a partir de pesquisa na Internet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário