sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Galeria dos Mártires - Sergio Rodríguez

SERGIO RODRÍGUEZ
Mártir da Justiça
VENEZUELA* 23/09/1993

Sergio Rodriguez, trabalhador e estudante universitário, 27 anos, casado e pai de uma criança, mártir da luta pela justiça na Venezuela. 

Leigo cristão, militante na paróquia do Bairro “23 de Enero” em Caracas.

Trabalhador e estudante da Universidade Central da Venezuela. Foi assassinado pela polícia durante uma manifestação. Ativo participante das Comunidades Eclesiais de Base, onde exercia sua fé e solidariedade.

Carinhosamente chamado de “Flaco” todos se lembram dele sempre alegre, fraternal, dialogante, entusiasta, sempre sonhando com o “homem novo”. Ideais que com sua esposa, ensinavam a seu filho, seus amigos e colegas.

No dia 23 de setembro de 1993, Sergio marchava na frente da bandeira venezuelana, organizando e contendo uma manifestação de dez mil trabalhadores, que reivindicava melhorias sociais ante o perigo de ser cancelada pela privatização. A polícia jogou gás lacrimogêneo e, depois um tiro de espingarda, e Sergio cai no chão. Seus companheiros o socorre, apesar da perseguição policial, leva-o ao hospital. Ali constataram que o seu grande coração, generoso, explodiu perfurado por uma bala. Dos quais não deixaram rastro da arma que disparou.


O reitor da Universidade autoriza que Sergio fosse velado em seu gabinete. Enquanto um desfile incessante passava diante dele com flores, bandeiras, slogans, seus companheiros de equipe fizeram um comunicado publico negando as declarações do ministro da Defesa que qualificou Sergio como subversivo. Porque todo mundo sabia e sabe que Sergio na Venezuela continua a ser um militante da vida, que foi capaz de se entregar, como Jesus, por seus irmãos.

Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada,
a partir da página: http://servicioskoinonia.org/martirologio/

Nenhum comentário:

Postar um comentário