terça-feira, 7 de outubro de 2014

Galeria dos Mártires - Irmãs Xaverianas: Olga Raschietti, Bernadetta Boggian e Lucia Pulici

Irmãs Olga Raschietti, Bernadetta Boggian e Lucia Pulici
Mártires da Doação Total em Kamenge, no Burundi.
AFRICA CENTRAL * 07/09/2014


Olga Raschietti, Bernadetta Boggian e Lucia Pulici
Hoje fazemos memória de 1 mês do martírio das Irmãs Xaverinas Olga Raschietti (83 anos), Bernadetta Boggian (79 anos) e Lucia Pulici (75 anos)

No domingo 7 de setembro, as irmãs xaverianas da comunidade do Burundi (coração da Àfrica), voltando em casa, encontraram os corpos sem vida das irmãs Lucia Pulici (75 anos) e Olga Raschietti (83 anos), que foram agredidas e golpeadas até a morte, com facas e pedras. Na mesma noite mais uma irmã da mesma comunidade, Bernadetta Boggian (79 anos), foi também agredida sem que as irmãs pudessem socorrê-la. Durante o enterro foi entoado o cântico que Olga cantava em ocasiões importantes : "Eu disse ao Senhor com alegria: se quiseres, envia-me". "Vai, fale ao meu povo! Vai, Apascenta as minhas ovelhas! Vai, dê vida!".

A morte violenta causada por ações descabidas não encontra justificativas em hipótese alguma. Jesus não queria esse fim para os seus discípulos, aliás os aconselhava de fugir ao perceber o perigo (cf Mt. 10,23). Porém, o verdadeiro sentido do martírio não se encontra na crueldade do sacrifício e sim na exaltação do dom da vida que os consagrados(as) fazem de si ao mundo. É um ato que faz delas oferendas gratuitas numa doação total que se realiza, no perdão e na reconciliação mais radical. Retornando à Casa do Pai, essas missionárias xaverianas subiram até o coração de Deus que é a fonte da missão, de onde veio sua vocação e aonde agora voltam a mergulhar.

Para nós, Xaverianas, foi um evento de fé: nós reafirmamos entre lágrimas o nosso sim, pessoal e comunitariamente, como uma família missionária que recebeu o dom e o chamado para anunciar ao mundo o amor do Pai. 

Acreditamos, como o Papa se expressou, que este sangue derramado possa produzir frutos de fraternidade e de paz  e possa se tornar semente de vocações missionárias para a Igreja.

Muito obrigado Olga, Lucia e Bernadetta pelo dom maravilhoso dessa vida doada! Que a luz do vosso testemunho possa iluminar nossos caminhos, agora com o impulso do legado que nos deixaram! Intercedam por nós no céu!

texto disponibilizado pelas irmãs xaverianas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário