terça-feira, 5 de abril de 2016

Galeria dos Mártires - María Cristina Gómez

MARÍA CRISTINA GÓMEZ
Mártir das Lutas das Mulheres
EL SALVADOR * 05/04/1989

María Cristina Gómez, militante da Igreja Batista, mártir da luta das mulheres salvadorenhas. Professora de escola primária e liderança comunitária, que foi sequestrada em 5 de abril de 1989 e morta uma hora depois em um cemitério nos arredores da capital.

Foi liderança das mulheres batista, bem como da União de Professores. Estava interessada e empenhada em capacitar adultos, jovens e crianças através da alfabetização, educação e organização para alcançar melhores condições de vida.

Maria Cristina foi fundadora da Coordenadoria Nacional das Mulheres El Salvador (CONAMUS), uma organização de mulheres fundada em 1986. Desde então, CONAMUS se envolvia em questões que afetavam diretamente as mulheres pobres em El Salvador, incluindo a violência doméstica e sexual, sobrevivência econômica, a falta de participação política e da desigualdade social. Em 1989 CONAMUS abriu um hospital para atender as mulheres que foram vítimas de violência doméstica e sexual. .

Como homenagem a esta grande lutadora das causas das mulheres, foi solicitado a um artista salvadorenho que pintasse uma cruz, para que a memória dela fosse sempre lembrada, e suas causas atualizadas por tantas outras mulheres que diariamente vão sendo martirizadas pelo sistema, mas também a cruz é memória e gratidão pela vida de Maria Cristina Gómez, uma mulher de fibra, tal como as mulheres de El Salvador.


A Cruz de Maria Cristina, a Cruz salvadorenha das mulheres é cheia de vida, de uma vida compartilhada, vida oferecida, vida vivida no amor ao próximo, aos necessitados, sinal do compromisso e empenho por um mundo mais humano e justo.

Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário