quinta-feira, 23 de março de 2017

Galeria dos Mártires - María del Carmen Maggi

MARÍA DEL CARMEN MAGGI
Mártir da Educação Libertadora
ARGENTINA * 23/03/1976

María del Carmen Maggi, decana da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica de Mar del Plata.

Testemunha do sequestro de estudantes e professores de sua faculdade sofreu a mesma experiência. Foi sequestrada de sua casa, na madrugada de 09 de maio de 1975 por um grupo armado de doze pessoas, um dia antes do golpe.

Sua família recebeu uma coroa de flores no dia seguinte.

O clero da diocese e o próprio bispo, Monsenhor Pironio, fizeram declarações, solicitando aos sequestradores que a devolvessem com vida. “Peço-lhes que reflitam sobre o que isto significa como violação dos direitos elementares e sagrados da pessoa humana. Por este mesmo motivo, peço-lhes que a devolva, o quanto antes ao seu lar. Mas minha voz se estende além dos limites deste acontecimento e quer compartilhar da dor de outras pessoas, familiares e instituições, que estão sofrendo também profundamente as consequências de um sequestro, de uma ameaça, de um atentado”.

Apesar de todos os protestos, María del Carmen apareceu assassinada dez meses depois, perto do lagoa Mar Chiquita, na província de Buenos Aires no dia 23 de março de 1976.

Texto organizado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada, a partir de leitura do Livro:
Martírio, Memória perigosa na América Latina hoje, e da página: http://martiresargentinos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário