quinta-feira, 17 de março de 2016

Galeria dos Mártires - Jacobus Andreas Koster, "KOSS" e Companheiros

JACOBUS ANDRES KOSTER,"KOOS" E COMPANHEIROS
Mártires Pela Verdade
EL SALVADOR * 17/03/1982

Jacobus Andries Koster, jornalista holandês, de 46 anos, profeta da denúncia e mártir da justiça.

"Koos", cristão militante, com sua câmara às costas, expressou sua solidariedade aos oprimidos da América Latina, registrando suas lutas. Quis mostrar ao mundo, e especialmente à Europa, o sentido dessas lutas e as causas da opressão. 

Assim, em 1973, filmou no Chile, o bombardeio do Palácio de la Moneda. Como consequência foi preso e conduzido para o Estádio Nacional.

Radicado durante dois anos no Peru, realizou documentários e filmou a greve dos mineiros. No mesmo ano, realizou uma extensa reportagem, na Argentina, sobre a repressão militar e o problema dos presos desaparecidos. Em 1980, na Bolívia, registrou o brutal tratamento a que eram submetidos os mineiros.

Em 1982, juntamente com Johannes Jan Willemsen de 42 anos, Hans Ter Laag de 20 anos e Jan Cornelius Kuiper de 40 anos, todos pertencentes ao Serviço de informações Ecumênicas - IKON - da Holanda, estava em El Salvador. E aí foram assassinados, em Santa Rita, Chalatenango.

O governo informou que morreram num confronto, enquanto ordenava que seus cadáveres, com tiros na cabeça, fossem enterrados imediatamente.

Os camponeses do lugar confirmaram que não houve luta.

"Koos", da mesma forma que seus companheiros, uniu-se, assim, aos "milhares de mártires que doaram suas vidas pelo surgimento de uma sociedade latino-americana onde seja respeitada a dignidade de todos. Não há amor maior que este...",  comentou um jornalista, amigo de "Koos".

Texto elaborado por Tonny da Irmandade dos Mártires da Caminhada,
a partir do livro: Sangue Pelo Povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário